OUTFIT| BURGUNDY IS ALWAYS A GOOD IDEA

Este sábado foi um dia passado com a família e usei o meu vestido favorito de momento, pelo que decidi vir partilhar as fotos convosco.
 Dress: Begreh | Ténis: Adidas | Acessories: Pandora and Swatch
Não sou muito uma pessoa de saias ou vestidos, mas este vestido é a exceção à regra, adoro-o. Comprei-o para o meu aniversário e já o usei imensas vezes desde então.
Foi comprado na Begreh uma loja local de Guimarães e Braga e custou cerca de 14€ o que eu acho um ótimo preço visto que ficamos logo vestidas de cima abaixo.
Para acessórios usei o meu relógio favorito de sempre e a  minha Pandora, um clássico intemporal.

SERIES | GIRLBOSS

Depois de muito ouvir falar sobre o livro Girlboss descobri que o mesmo tinha dado origem a uma série e logo que pude fiz uma maratona da mesma.
A série é inspirada em factos verídicos e segue a história da Sophia que passou de alguém que achava que ser adulto era uma má coisa pois matavamos os nossos sonhos, a alguém que teve a ideia de vender roupa em 2ª mão online e se tornou na  fundadora da famosa loja de roupa Nastygal.

Depois de ver todos os episódios desta série conseguimos tirar grandes lições, sendo elas:
Nenhum sonho é demasiado grande se acreditarmos nele e lutarmos para o realizar.
Pensar "fora da caixa" não é necessariamente algo mau, pelo contrário, pode tornar-se algo muito bom.
Vamos sempre a tempo de encontrar o nosso propósito de vida. Muitas das vezes precisamos de nos perder, para nos encontrarmos verdadeiramente.
No fundo só precisamos de quem precisa de nós, aqueles que estão do nosso lado independentemente de tudo, mesmo que não sejamos merecedores em alguma circunstância.Esses sim, são as nossas pessoas.

BOOKS | PROMETO PERDER

Se há coisa que os meus já sabem é que sou fã assumida do Pedro Chagas Freitas.
Penso que não se limita a escrever e os seus livros , pelo menos os que já li são como “professores da vida” se estivermos dispostos a receber a mensagem.
Creio também que não são livros que só se leem uma vez e ficam parados na estante. Sou aquela pessoa que tem os livros deste autor cheios de marcadores de páginas nas partes que mais gostei.
"Prometo perder. Prometo por vezes fraquejar, por vezes cair, por vezes ser incapaz de ganhar. Nem sempre conseguirei superar, nem sempre conseguirei ultrapassar. Nem sempre poderei ser capaz de ir tão longe como tu me pedes, de te dar exatamente o que merecias que te desse, O que desesperadamente te quero dar.Nem sempre conseguirei sorrir, também. Prometo perder.Prometo ainda manter-me vivo depois d cada derrota,resistir ao peso insustentável de cada impossibilidade.Há de haver momentos em que sem querer te magoarei,momentos em que sem querer tocarei no lado errado da ferida. Mas o que nunca vai acontecer é desistir só porque perdi, parar só porque é mais fácil. ceder só porque dói construir. Prometo perder. Porque só quem ama corre o risco de perder;os outros correm apenas o risco de continuar perdidos. Prometo perder. Porque só quem nunca amou nunca perdeu."
Deixo-vos com alguns dos meus excertos favoritos do livro Prometo Perder:
“ Os adultos levam o tempo demasiado a sério. E é por isso que o perdem de uma forma infantil Inventam complicações, pensam que não conseguem o que tanto queresm e de tanto pensarem que não conseguem não conseguem mesmo, ficam parados diante dos obstáculos. Eu e o Zé Pedro ontem conseguimos passar um obstáculo de quatro metros.Trepamos a uma árvore.”

“Que nunca as costas abdiquem de ceder, pois é apenas assim que me aprendo a erguer.

Que todos percebam que vale a pena ouvir, que todos entendam que não há mal em cair.

Mas que ninguém se vergue ao que tem de ser, que não haja conforto nenhum em perder.

"Mas que ninguém pare antes de chegar, que não haja um desistir antes de um tentar.”

"Não existem vidas grátis.
Tens de ir à procura de merecer a vida que tens , a vida que queres. Atira-te, esfrangalha-te todo se for preciso. Mas também não temas preguiçar-te todo, vezes sem conta se for preciso. O que é preciso é que sejas capaz de conquistar a vida. Arrebatá-la. Merecê-la. Sê credor – daqueles credores chatos, que cobram com persistência e sem misericórdia - do que és merecedor. E só do que és merecedor. Senão mereceste nunca aconteceu. Merece-te e siga.”

“O segredo da felicidade pode muito bem estar na capacidade de perceber que não há segredo nenhum para a felicidade. Basta querer.”
Caso estejam à procura daqueles livros "típicos" com história provavelmente este não é de todo o vosso livro. Caso não se importem de ler livros de qualquer formato, este é provavelmente um livro de que vão gostar muito.

MOVIES | COLLATERAL BEAUTY

Não é novidade nenhuma para quem acompanha o blog que eu adoro séries e filmes. Ultimamente  o tempo para dedicar a esse meu gosto tem sido escasso, mas com o Carnaval lá consegui ver este filme que estreou no final do ano passado e que foi muito bem falado.
Hoje foi dia de ver "Collateral Beauty", traduzido à letra como Beleza Colateral.
commercial photography locations


Sinopse:"Quando um bem-sucedido executivo de Nova Iorque sofre uma tragédia pessoal e entra numa espiral de depressão, os seus amigos reúnem-se e esboçam um plano drástico para interceder antes que ele perca tudo. Levando-o até ao seu limite, eles forçam-no a confrontar a verdade de uma maneira surpreendente e profundamente humana."
Classificação Imdb:6,6/10
Minha classificação:7,5/10

O filme segue a história de Howard (Will Smith) que perdeu uma filha com 6 anos. Depois da perda da filha, Will entrou numa depressão a qual levou à incapacidade do mesmo de gerir uma empresa de publicidade. Tendo em conta que os restantes sócios e amigos de Howard, queriam salvar a empresa, contrataram uma pessoa para o seguir e para conseguirem provar a incapacidade do mesmo para gerir a empresa. Durante o percurso, eles descobrem que Howard escreve cartas a três das premissas presentes nas suas ideias: o tempo, o amor e por último a morte.
De forma a tentarem fazer o amigo reagir, contratam atores que respondem às cartas escritas por ele.
Será que o vão conseguir?

Eu gostei imenso do filme contudo achei que houve uma parte um pouco inesperada, apesar de eu ter desconfiado (sou aquela pessoa que nos livros e filmes normalmente descobre os assassinos, apesar de ninguém desconfiar deles, portanto conseguir imaginar o que se iria passar mais para o final do filme, acabou por ser "normal" para mim.)  mas não sei se foi impressão minha ou o inesperado, apesar de ser bonito, pareceu-me um pouco "forçado", para não dizer cliché. Não posso revelar mais porque é impossível falar do assunto sem dar spoilers.
Se tivesse que escolher duas personagens que mais gostei sem dúvida seriam os atores que interpretaram a morte e o tempo, um de uma forma mais passiva e outro de uma forma mais expressiva trouxeram algum encanto a esta história, por outro lado, quanto à personagem que interpretou o amor, sinceramente, já não achei tanta piada.
No geral, o filme ensina-nos que mesmo das situações menos boas devemos retirar apenas a beleza delas, e que só assim, conseguimos seguir em frente. Desenganem-se se pensam que só o protagonista é que sofre ao longo do filme. De uma forma ou de outra, as várias personagens à volta de Howard, vão-nos ensinando lições através das suas histórias de vida e dos momentos menos bons que atravessam.
Já viram o filme ou tencionam ver?

DESABAFOS | ANGELA

Quando descobres uma música que adoras com o teu nome e não a consegues parar de ouvir.
Esta sou eu desde há uns meses atrás.

SALES HAUL AND TRY ON

Precisava de adquirir uns básicos, então decidi ir aos saldos a semana passada.
Fiz ótimos achados então decidi vir partilhar convosco para se ficarem interessadas em alguma peça, ainda a conseguirem encontrar.
Na Stradivarius encontrei estes básicos de malha canelada por 3,99€ cada, sendo o preço original de 12,95€.





Comprei também esta sweat por 5,99€ sendo o preço original de 22,95€.



Na Bershka comprei esta blusa por 5,99€ sendo o preço original 17,99€.



Por último na Primark comprei este básico canelado por 1€ em vez dos originais 6€.



O que acharam dos meus achados? Qual a vossa peça preferida? Contem-me tudo.